DENUNCIE!!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

CARUARU: MULHER É ASSASSINADA A TIROS NO BAIRRO INOCOOP.

Adriana, tinha 29 anos.

E foi morta na porta de casa.





Um projétil de calibre não informado foi encontrado ao lado do corpo.






Foi assassinada a tiros no final da tarde desta quarta-feira (22) em Caruaru, a ex-presidiária, Adriana Maria Santana da Silva, de 29 anos, que estava separada do marido e morava com os filhos na Avenida V-3, no bairro Inocoop, onde foi morta.
 
A tia da vítima, Ana Maria, disse que não sabe quem matou sua sobrinha.
 
Segundo testemunhas, ela estava em casa com os filhos, tomou um refrigerante com eles numa mesinha na frente de casa, quando os filhos entraram no imóvel ouviram os disparos, quando saíram na porta encontraram a mãe caída embaixo de um sobrado ao lado da garagem. Vizinhos disseram que ela foi morta por dois homens que chegaram em uma moto e efetuaram dois tiros, atingindo-a nas costas e na cabeça. Um projétil foi encontrado próximo ao corpo da vítima e foi recolhido pela polícia científica.
 

 
O soldado Henry, que isolou o local com a soldado Cristina, disse que estavam fazendo patrulhamento na área quando foram acionados pela Central de Rádio do 4º BPM, que foram ao local e encontraram a vítima agonizando, eles acionaram o Samu, que quando chegou já encontrou a vítima em óbito.

Adriana, que era natural do distrito de Alto Bonito em Bonito, já cumpriu pena na prisão acusada de homicídio e possivelmente foi morta numa vingança.


Este foi o 15º homicídio do mês de abril e o 60º do ano de 2015 em Caruaru e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML local.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

CARUARU: QUATRO BANDIDOS DO RECIFE VIERAM ASSALTAR EM CARUARU E DOIS FORAM MORTOS EM TROCA DE TIROS COM A POLÍCIA MILITAR.







Material apreendido com a quadrilha.


Fernando, morreu no local.


"Juninho" morreu no HRA.




Ebson, está sob custódia policial no HRA.

Na manhã desta quarta-feira (15), quatro marginais, identificados como Fernando Gomes da Silva Neto, de 20 anos; Edvaldo Campelo de Oliveira Junior, vulgo “Juninho” de 19 anos; Ebson Pereira da Silva, de 23 anos e um adolescente de 17 anos, saíram do bairro Ibura de Baixo no Recife num veículo Peugeot 206 cinza, placa PFG-8313 do Recife e vieram a Caruaru, onde iriam realizar uma série de assaltos, no entanto levaram a pior após se envolverem numa troca de tiros com a Polícia Militar, na qual dois acabaram mortos.

De acordo com o subcomandante do 4º BPM, Major Souza, os quatro elementos, todos armados, assaltaram uma lotérica da Avenida Leão Dourado, no bairro Caiucá, onde roubaram o dinheiro de aproximadamente oito clientes, mas quando saíram do estabelecimento, um dos clientes da loja acenou para uma guarnição da Polícia Militar que passava no local e informou o que tinha acabado de acontecer. 
 
Dentro do carro foram encontradas várias roupas usadas para despistar a polícia.
Os policiais saíram acompanhando aos marginais que ao perceberem a aproximação da viatura começaram a atirar contra os PMs e tentaram empreender fuga seguindo para o bairro José Carlos de Oliveira, a guarnição continuou a perseguição e já no loteamento Demóstenes Veras, por trás da Funase, os meliantes bateram com o carro em um barranco, os policiais pararam a viatura para tentar prendê-los, mas eles continuaram atirando no policiamento que reagiu a injusta agressão e os assaltantes levaram a pior sendo baleados.
O comerciante Paulo Rodrigues, foi quem acionou a polícia.
O Corpo de Bombeiros e o Samu, foram acionados para a ocorrência.
O motorista do carro, Fernando Gomes, não resistiu aos ferimentos e morreu no local, o “Juninho” morreu após dar entrada no HRA, já o Ebson foi cirurgiado e permanece internado e o menor foi medicado e recebeu alta médica. Com a quadrilha os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38 com 8 munições deflagradas, 3 pinadas e 2 intactas, um simulacro de pistola e a importância de R$ 1.644,00, subtraído dos clientes da lotérica e acreditam que eles se livraram da quarta arma na fuga.
 

O delegado do plantão Dr. Renato Gayão, disse que os policiais agiram dentro da lei e felizmente nenhum deles se feriu, nem foi morto pelos marginais que pagaram um preço alto pelo delito. Ele autuou o Ebson em flagrante por tentativa de homicídio e roubo qualificado e como o marginal está internado no HRA, fica sob custódia policial e a medida que receber alta médica, será recolhido à Penitenciária Juiz Plácido de Souza, já o adolescente foi recolhido à Funase.


Os corpos dos dois assaltantes mortos, já foram liberados do IML de Caruaru.
 
 

terça-feira, 31 de março de 2015

CARUARU: AUTÔNOMO ATROPELA JOVEM QUE ESTÁ VIVENDO MATRIMONIALMENTE COM SUA EX.






Maurivan, está foragido.

A Polícia Militar foi informada na noite desta segunda-feira (30), de um atropelamento ocorrido as 18h:20, na Avenida Vera Cruz, no bairro São Francisco, em Caruaru. O Samu foi acionado e quando a PM chegou no local constatou que o acidente foi premeditado e teve como vítima o autônomo, Luiz Eduardo de Melo Pimentel, de 22 anos, que mora na rua São Mateus, no bairro São Francisco, já o acusado, o também autônomo, Maurivan da Silva, de 41 anos, guiava o seu veículo, uma picape Strada cinza, placa PEX-7420 e atropelou o desafeto, que vive matrimonialmente com a sua ex-companheira.
 

Segundo o Cabo Rinaldo, que registrou a ocorrência com o soldado Câmara, o acidente foi proposital, pois diversas testemunhas informaram que o acusado não aceita o fato da sua ex está vivendo com outro homem, ele dirigia a sua picape entregando água mineral e quando viu o rapaz acelerou o veículo e o atropelou, que ele premeditou o crime e dentro do seu carro foram encontradas as sua roupas e só não fugiu com o carro, porque o semáforo estava fechado e ele abandonou o veículo aberto e levou a chave. Pelo que aconteceu o policial disse que o imputado usou o carro com uma arma e isso caracteriza uma tentativa de homicídio.


O jovem não sofreu fraturas aparentes, ele foi socorrido pelo Samu e foi encaminhado para o Hospital Regional do Agreste, onde permanece internado e não corre risco de morte.
 
 

CARUARU: SERVENTE DE PEDREIRO É ASSASSINADO NO BAIRRO UNIVERSITÁRIO.




   
A vítima deixou a bicicleta e saiu correndo.

O apontador de obras, Charles Brito, que trabalhava com a vítima, disse que o "Zequinha", era um cara tranquilo.


O delegado, Dr. Francisco Souto Maior, esteve no local com a sua equipe.





Um homem foi assassinado a tiros na manhã desta segunda-feira (30) em Caruaru. A vítima, o servente de pedreiro, José Lenildo Soares da Silva, era conhecido por “Zequinha” tinha 34 anos, era casado e morava na rua Cícero Pereira no bairro São João da Escócia e foi morto num matagal, as margens de um córrego, próximo a Avenida Brasil, no bairro Universitário.

Segundo a esposa, Marisete da Silva, o rapaz era natural de Surubim e eles moravam em Caruaru há apenas 3 meses e há três semanas estava trabalhando em uma construção próximo de onde foi assassinado e hoje por volta das 5:40h, saiu de casa com a sua bicicleta e foi ao trabalho e no trajeto foi interceptado por dois homens em uma moto preta, tentou fugir dos algozes, mas foi alcançado e executado com 4 tiros, sendo dois nas costas, um no ombro direito e um na testa. A esposa disse que ele era pacato e não tinha inimigos e ela acredita na hipótese de latrocínio, apesar da bicicleta e a bolsa da vítima não terem sido levadas pelos assassinos.


Este foi o 17º homicídio do mês de março e o 44º do ano de 2015 em Caruaru e o corpo da vítima foi encaminhado para o IML local.